Arquivo da tag: 1sete1

a importância do contraponto

Você sabe o que é monótono? A ideia geral dessa palavra a gente conhece bem, claro. Mas acho bom darmos um pulo rápido ali no Dicionário Houaiss pra sintonizarmos bem com o que esse adjetivo exprime.

Monótono
1    que apresenta continuamente o mesmo tom
2    que se repete continuamente; invariável, uniforme
3    que, pela ausência de novidade, se mostra enfadonho, maçante

Eu, que não nasci ontem, sei que não gosto do que é monótono. Não é por acaso que o meu tag veneno antimomontonia tá aqui e cresce lindo e forte a cada dia. Ele é o xodó definitivo do Papos. Entretanto, não deixa de ser um tanto triste admitir que minha maior queixa existencial dos últimos tempos é mesmo à monotonia. Essa que vem assolando a nossa comunicação; a maneira que interagimos uns com os outros e o mundo que nos cerca; e, por consequência, a nossa maneira de consumir. O consumo ao qual me refiro não tem só a ver com as roupas que adquirimos (apesar disso, a pergunta não cala: já tem ai seu kit básico de clog + bolsa original ou inspired Alexa ou PS1?). A questão principal envolve as ideias que compramos… que endossamos.

É preciso ter calma. O mundo não vai acabar. E a gente AINDA é, na prática, livre pra apreciar o que bem entender (Lembram?). Nesse sentido, não há certo e errado. Prefiro deixar o maniqueísmo de lado, e exaltar a liberdade que nos é concedida por lei. E sendo assim, ninguém precisa sentir culpa em querer sua Birkin da Hermès (apesar de a Victoria Beckham ser uma estraga-prazer e já ter mais de 100 delas).

Minha observação consiste em apenas adotarmos o simples hábito de maior atenção à contrapontos. Sinto que tá faltando um pouco disso nesse universo com o qual convivo bastante, a comunicação de moda. Afinal, não tá tudo muito igual? Acho que dessa maneira conseguimos nos livrar dessa tendência da monotonia – em que tudo nos parece, com pequenas alterações aqui ou ali, mais do mesmo. E, fatalmente, contemplamos o repetitivo processo de ver uma ideia, recém-comprada por nós, reproduzida até o seu de esgotamento total e absoluto, quando a mesma tem de ser sumariamente descartada – a exemplo dos já citados aqui bandage dresses ou mesmo os lenços palestinos e, quem sabe, futuramente, as já-não-mais-polêmicas clogs!

Isso dito, descobrimos, enfim, o assunto de hoje: o sofisticado blog De Chanel na Laje. Pode não ser novidade para alguns mas eu não consigo evitar em comentar sobre ele aqui.

Conheci o DCNL por uma coincidência astral. Há uns dias, acompanhei por alto alguns comentários no Twitter linkados ao usuário @dechanelnalaje. Alucinei imediatamente com o título, mas ainda não sabia do que se tratava a polêmica e acabei nem dando bola. No mesmo dia, enquanto dava um giro pelo 1SETE1 – que aliás me colocou na lista VIP de seu blogroll (vou aproveitar a deixa e mandar um SALVE pra Pietra e pra Paulita aqui) – reconheci esse nome mais que maravilhoso, ali, entre as leituras indicadas. Pois bem, tava escrito nas estrelas. O resultado desse clique foi umas duas ou mais horas lendo o blog de cabo a rabo, madrugada adentro.

Me senti renovada. De almada lavada. Me senti quase querendo ser amiga da DeChanel. E isso que eu não sou de forçar a amizade! O motivo é simples. Muito do que está escrito ali, equilibra o que vemos DEMAIS por aí. Novamente, não tem a ver com concordar com tudo. Tem a ver com por a cabeça pra pensar. Conhecer ideias novas e – por favor – bem amarradas. (Não tem como discutir que a anônima, que generosamente nos escreve no DCNL, tem o dom com as palavras. Tirava 10 em redação na escola certeza.) Então é o seguinte, a coisa vai funcionar da seguinte forma: com algum tempo nas mãos e uma boa dose de curiosidade, todo mundo tem que passar , ok?

4 Comentários

Arquivado em blogs, moda, papos picados

aproveitando o clima de polêmica fashion…

Se você tem espírito crítico, estômago para um bom humor negro  e polêmica (eu, pessoalmente, adoro), a dica do dia é o blog 1sete1, de Pietra Bertolazzi e Paulita Barros.

Descobri esse blog há mais ou menos um mês, sem querer, num email que me mandaram. De lá pra cá, entrei ocasionalmente, e todas as vezes eu quase caí da cadeira. Os motivos são vários, mas o principal deles é a total  franqueza das coisas que são ditas lá. O ponto concordar ou não com tudo nem vem ao caso. Minha indicação tem a ver com o fato de  ser tão e simplesmente revigorante ver um espaço um pouco mais apimentado e menos igual! Fora os recentes posts tipo DISK DENÚNCIA. Realmente, imperdível. Cada texto é uma surpresa.

E não é, afinal, a discussão de idéias diferentes que põem nossa cabeça pra funcionar? A descrição do 1sete1, é sim ambiciosa, mas fala por si só:

Blog de apelo fashionista que aborda as tendências reais que nos circundam.
Pietra e Paulita procuram comentar, sem distinção, temas da alta e do universo under, respectivamente.
Sempre com o olhar lá na frente e livre dos vícios corriqueiros que fazem da mesmice a pauta diária de muitos blogs de moda.

Então, coragem, vai lá! Pode confiar no meu tag de veneno antimonotonia.

Deixe um comentário

Arquivado em blogs, guilty pleasure, moda, papos picados