Arquivo da categoria: shopping

é muito amor…

Dá só uma olhada na última edição da revista francesa Blast, um número especial feito em parceria com a Colette, a visionária multimarcas parisiense. Tudo a ver, afinal, a Blast é focada em design, moda e cultura contemporânea. Tem coisas no mundo que nascem para virar item de colecionador, não é?

A proposta do exemplar é bem irresistível: promete um verdadeiro passeio pelos recursos de inspiração de Sarah Lerfel, fundadora e diretora criativa da concept store – entre artistas, designers, marcas, conceitos e o inimaginável. Reconheceu a estrela da capa? A super indie girl Chloë Sevigny. Eu, claro, tô morrendo para ver isso tudo de perto. Vou acionar já meus contatos parisienses do momento.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em moda, paris, shopping

por falar em ilustração de moda…

Aqui vai uma dica preciosa para os fanáticos por esse assunto, o livro “100 Years of Fashion Illustration”. Publicado em 2007 por Cally Blackman, professora de teoria e história da moda na Central Saint Martin’s School, em Londres, o livro nada mais é que uma baita coletânea de mais de 400 ilustrações do mundo da moda ao longo do século XX.

A seleção é extensa e funciona quase como uma linha do tempo da história fashion. Traz imagens de catálogos de lojas de departamentos das antigas, passando por trabalhos como o de René Gruau até as capas dos CDs da Hed Kandi feitas pelo notório Jason Brooks (tem coisa mais anos 2000?), e reúne as mais diversas técnicas de desenho.

Eu comprei meu exemplar há uns bons dois anos, mas nunca me canso de folhear o dito cujo de tempos em tempos. Sem dúvida, um must definitivo da minha prateleira. À venda na Amazon, essa mini enciclopédia de moda pode ser sua por U$ 26,40. Com o dólar nesse ritmo, não tem desculpa para não correr atrás de uma cópia.

1 comentário

Arquivado em ilustração, inspiração, moda, shopping

querida, estiquei o… cotovelo

ATENÇÃO:  as linhas a seguir consistem no mais puro CTRL C + CTRL V. Já vou avisando. Saiu hoje no Styleite, um pequeno deslize do pessoal da arte do site da Bloomingdale’s. De tão sensacional, resolvi reproduzir por aqui.

Pelo visto, excepcionalmente nesta segunda-feira, vender lindos vestidinhos by Diane von Furstenberg ficou um tanto mais polêmico que o habitual. Oops.

Acredito que não me encaixo na categoria ingênua. Aliás, muito pelo contrário: a vida me ensinou a ser desconfiada até demais. Mas o mundo atual taí para quebrar paradigmas e tudo mais que presumimos de antemão. Mesmo trabalhando no mercado editorial e sabendo de tantos desastres e polêmicas que o Photoshop já ocasionou, nunca tinha passado pela minha cabeça que até mesmo os stills das peças de sites de compras na internet passavam por alterações tão drásticas. Isso porque para a jovenzinha aí da foto ter ficado com esse layout, só imagino a quantidade de tratamento ao qual estas imagens são submetidas. Mais um item para o rol do meu desconfiômetro.

4 Comentários

Arquivado em erros, fotografia, moda, shopping

la recette du bonheur

O convite do dia é um giro rápido pela receita da felicidade que desenvolvi a olho em alguns minutinhos pelo Net-a-Porter. É super fácil. Tente você também. Shopping terapia grátis pra exercitar a nossa apreciação pessoal, (quase) individual e intransferível, sabe? Então, vem comigo:

01 sapatinho Alaïa, 01 mini vestido bordeaux Alice + Olivia, 01 bolsa carteira de couro vermelha Anya Hindmarch, 01 vestido básico Marc by Marc, 01 anel feirinha hippie besouro da Bottega Veneta, 01 bracelete heavy metal Dannijo, 01 uma minisaia bem linda da Diane von Fursentberg, 01 Peekaboo Bag Fendi de lona para el verano que está a caminho, 01 vestdinho cru (não nude, ok?) Hervé Leger, 01 micro Anna Sui de paetês pra cair night e ser + feliz, 01 anel de pérolas Lanvin, 01 Louboutin de palha, 01 clutch de croco Nancy Gonzalez, 01 (+) um vestidinho cru Phillip Lim, 01 bolsa hippie-chic Simone Camille, AND 01 supervestido de seda estampada Vionnet.



.



.

Deixe um comentário

Arquivado em desejos, moda, shopping

não xoxe antes de provar

Primeiro veio a febre do jeans por tudo o que é canto (2002). Depois, as mulheres ressucitaram a praticidade do vestido (2004). Em seguida, vieram a sainhas de cintura alta (2008). E agora é a hora e a vez dos shorts. (Aliás, vale muito a pena conferir a matérica do Style.com, sobre essa peça do próximo verão.) Eis que alcançamos a pauta em questão:

O microshortinho (jeans) de cintura alta.


Eu tava com esse assunto na cabeça há tempos desde quando separei uns 30 ou 40 euros da minha viagem pra Itália para comprar um exemplar. Na hora da compra, entre outros achados, ainda fiquei bem dividida: Será que é isso mesmo? Essa peça vai vingar no meu armário?

O fato é que vingou. Nem convencida eu tô ainda que eu deveria sair pelas ruas paulistanas usando, mas nem quero saber. Tô amarradona. Usei com meia, sem meia (na praia) e sigo feliz com a decisão.

De repente, me dei conta que esse perfume / vibe breguinha anos 1990 (é isso mesmo?) tá interessando um monte de gente. Inclusive a própria Garance Doré. Ela contou esses dias, que sacou um shortinho Wrangler do armário, e saiu feliz da vida por aí se achando. Aliás, como eu amo os textos dela! Todos cheios de bom humor.

Então saí a caça de referências para minha observação se fazer notar. Não sei se a moda pega por aqui. Afinal, o É o Tchan deixou cicatrizes em todos nós! Mas escreve o que eu tô dizendo, é uma febre: uma vez que você experimenta, não tem mais volta. Olha só o que eu encontrei em poucos minutos pela rede.

(fotos do lookbook Zara e dos blogs Mary Catherine Moody, Fancy Tree House, Fashion Vibe, Le Happy, Garance DoréMeijas, Yesterday Died)

1 comentário

Arquivado em desejos, moda, shopping

cesta básica de beauté: myth

Emoção! Depois de muito procurar, finalmente, encontrei um Myth da MAC pra chamar de meu. Essa cor andava um tanto difícil de achar. Tive sorte de encontrar o penúltimo tubinho no Free Shop na vinda pra Itália.

Ele é assim especial porque é um beginho super light, ótimo para apagar a boca no make. Esse é um look-chave que eu adoro, não dispenso e recomendo! Muito! De maquiagens nada à produções com um super olho preto. Sempre me dei bem usando o combo carmex + corretivo, mas usar um batom com a finalidade de cobrir os lábios é mais prático (e ideal). Da próxima vez que avistar um balcão da MAC, vale a pena conferir. Olha ele aí:

ATENÇÃO: Favor desconsiderar a cara de quem dormiu apenas 4 horas. Obrigada pela colaboração!

1 comentário

Arquivado em beleza, desejos, shopping

sienna inspira 2

Sabe aquela teoria que o preço de uma peça de roupa ou acessório deve ser calculado com base na quantidade de vezes que você usa? Sienna Miller, pelo visto, é adepta do conceito.

Em alguns dias, a Prada Saffiano & Tessuto na cor amaranto (hmmm…) dela saiu do armário em ocasiões bem distintas: num coffee break com o amado Jude Law, numa festinha com o estilista e BFF Mathew Williamson, e, hoje mesmo, no embarque na Gare du Nord, em Paris. Tudo bem que, quase com certeza, ela recebeu a dela como gift da Miuccia. (Neste caso: palmas para o time de PR da maison!) Mas ainda assim, a reflexão vale para qualquer investimento fashion.

Quando fui pesquisar, descobri que ela vem usando essa fofura de bolsa, que é da coleção do outono 2009 da marca, há tempos. Por tudo que é lugar. Obstinada que sou, colecionei todos os looks que encontrei dela usando a peça. Resultado: fiquei com mini desejo de uma bolsa desse tom pra embalar meus looks invernais… (#sonharnãocustanada)

Deixe um comentário

Arquivado em desejos, hollywood, moda, shopping